domingo, 5 de março de 2017

4 Efeitos da masturbação em homens e mulheres


Todos nós seres humanos, gostamos de fazer justiça com as próprias mãos e se você acha que se masturbar é apenas coisa de homem, você está muito enganado, a masturbação possui benefícios tanto para os homens quanto para as mulheres.



4 Efeitos da masturbação em homens e mulheres
4 Efeitos da masturbação em homens e mulheres

Conheça agora 4 Efeitos da masturbação em homens e mulheres


Alívio do estresse e da dor

Masturbar-se, como qualquer atividade sexual, libera endorfinas, composto químico em nosso corpo que promove uma sensação de felicidade e podem aliviar o estresse.

Além disso, os efeitos calmantes da masturbação também podem ajudar a dormir melhor, e pode até mesmo reduzir a dor associada à menstruação e relações sexuais pós-menopausa.
Ela provoca mais fluxo sanguíneo para a região pélvica, o que acelera os períodos e diminui a dor. Para as mulheres pós-menopáusicas, um estreitamento da vagina pode fazer exames pélvicos e relações sexuais dolorosas, mas a masturbação, particularmente com um lubrificante à base de água, aumenta o fluxo sanguíneo para os órgãos sexuais.


Prevenção de doença

Acredite ou não, pode realmente haver alguns benefícios positivos para a saúde associados com a masturbação, tanto para homens e mulheres. Por exemplo, de acordo com LaMoregese, a masturbação poderia ajudar a prevenir o câncer de próstata, permitindo que os homens se livrem com segurança das toxinas que naturalmente se acumulam em seu trato urogeni  "Os homens que ejaculam mais de cinco vezes por semana diminuem estes níveis de toxina e, assim,possivelmente diminuem o risco de câncer de próstata em um terço”, escreveu LaMoregese.
Além disso, LaMorgese explicou que a masturbação poderia ajudar a combater infecções do trato urinário em mulheres por lavagem para fora do colo do útero.

Ansiedade
Infelizmente, nem todos os possíveis efeitos da masturbação são necessariamente bons. Por exemplo, Dee Wagner, conselheira profissional licenciada e terapeuta de dança certificada, disse a Medical Daily que, em alguns casos, a masturbação pode servir como uma maneira crônica de evitar a intimidade com os outros, o que pode causar ansiedade.

Vício
Além disso, a masturbação estimula uma resposta de recompensa no cérebro, e assim como com qualquer atividade gratificante, é possível ficar viciado na química de um orgasmo. Não só isso é ruim para sua saúde mental, mas o vício em orgasmo pode exigir que os indivíduos precisam de mais e mais estímulos para obter os mesmos resultados, o que pode levar a danos corporais, explicou Dee Wagner.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

10 dados curiosos sobre os hábitos sexuais dos brasileiros

O Sexlog , revelou alguns dados curiosos sobre os hábitos sexuais dos brasileiros. Com mais de 6 milhões de usuários cadastrados, a ma...